Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017
ir para a home do blog enviar email ir para página anterior ir para página seguinte
 
adicionar aos favoritos | área reservada
 
  Este é o blog da FialhoFerro, Lda. Saber mais Quem somos Serviços Contactos
 
 

Artigo do mês (20)
Artigos (11)
Comédia (23)
Conceitos (17)
Culinária (27)
Editorial (34)
Emprego (1)
Fotografia (2)
Informática (29)
Jogo do mês (6)
marketing de empresas (13)
Notícias (74)
Novo! (12)
Opinião (53)
Parcerias (9)
Passatempo do Mês (30)
Pistas (4)
Sem categoria (18)

WP Cumulus Flash tag cloud by Roy Tanck requires Flash Player 9 or better.

Comédia 10 de Julho, 2011

Um psicólogo fazia uma entrevista para
admissão de um empregado. Entra o primeiro
candidato. - O senhor pode contar até dez,
por favor? - pediu o psicólogo. - Dez, nove,
oito, sete, seis, cinco, quatro, três, dois, um. -
O que é isso? - Ah, é a força do hábito. É que
eu trabalhava na NASA. Entra o segundo
candidato. - O senhor pode contar até dez? -
pediu o psicólogo. - Um, três, cinco, sete,
nove, dois, quatro, seis, oito, dez. - O que é
isso? - Ah, desculpe. É que eu era carteiro e
estava acostumado a ver os números pares
de um lado da rua e os ímpares do outro.
Entra o terceiro candidato. O psicólogo
pergunta: - Qual era a sua profissão antes de
tentar este emprego? - Funcionário público. -
E o senhor pode contar até dez? - Claro. Um,
dois, três, quatro, cinco, seis, sete, valete,
dama, rei.

 

10 de Julho, 2011

aniversarios

 

METODOLOGIA DE PESQUISA
DELPHI 10 de Julho, 2011

andreia-branco_lt01O método Delphi é baseado em estimativas de um grupo estruturado de especialistas. É um método de pesquisa estruturado e sistemático que se baseia na experiência isolada dos vários especialistas.
Os especialistas são cuidadosamente seleccionados pela sua experiência e respondem a um questionário que é reformulado e repassado por mais que um cilclo.
Após cada ciclo, o investigador, faz um sumário das estimativas de cada especialista e elabora um novo questionário para ser repassado num novo ciclo.
Os especialistas são convidados a rever as suas estimativas anteriores, tendo prévio conhecimento do sumário com as opiniões dos demais participantes.
Com este processo, tenta-se que exista uma convergência nas respostas que indiquem a “resposta correcta”, a “resposta mais viável”.
O objectivo é atingir o consenso de resposta e a estabilidade de resultados.

by Andreia_Branco

 

“O Pó vai continuar nos próximos 10 anos” 10 de Julho, 2011

jorge-rita__lt01Os The Strokes encerraram o festival Super Bock Super Rock com um concerto que soube a pouco para milhares de espectadores que deixaram a Herdade do Cabeço da Flauta sem direito a um regresso da banda ao palco.
Uma hora de música foi o que a banda de Julian Casablancas ofereceu ao público português, durante a qual recuperou sucessos antigos como “Last Night”, “Modern Age” e “Is This It”, +para delírio dos presentes.
O concerto servou também para testar as canções do disco mais recente da banda “Angles”, lançado em Março.
O promotor do festival, Luis Montez, fez um balanço positivo desta edição, e admitiu que é preciso melhorar os acessos e o campismo, mas avisou que “o pó vai continuar nos próximos 10 anos”.
Segundo o mesmo: “Temos amantes de música a sério que estão dispostos a passar alguns sacrificios para ver e ouvir os seus idolos. Ficou provado que o local era o ideal”

by Jorge_Rita

 

10 de Julho, 2011

trofeus

 

FERRO 10 de Julho, 2011

liseteO ferro (do latim ferrum) é um elemento quimico. À temperatura ambiente, o ferro encontra-se no estado sólido. É extraído da natureza sob a forma de minério de ferro que, depois de passado para o estágio de ferro-gusa, através de processos de transformação, é usado na forma de lingotes. Quando se adiciona carbono dá origem a várias formas de aço.
Este metal de transição, é o quarto elemento mais abundante da crosta terrestre (aproximadamente 5%) e, entre os metais, somente o alumínio é o mais abundante.
O ferro tem sido historicamente importante, tendo um período da história recebido o nome de Idade do Ferro. O ferro, actualmente, é utilizado extensivamente para a produção de aço, liga metálica para a produção de ferramentas, máquinas, veículos de transporte (automóveis, navios, etc), como elemento estrutural de pontes, edifícios, e uma infinidade de outras aplicações.
É um metal maleável, tenaz, de coloração cinza prateado que apresenta propriedades magnéticas; é ferromagnético a temperatura ambiente.
O ferro é o metal mais usado, com 95% em peso da produção mundial de metal. É indispensável devido ao seu baixo preço e dureza.
O aço é a liga metálica de ferro mais conhecida, sendo este o seu uso mais frequente.
 - Os aços são ligas metálicas de ferro com outros elementos, tanto metálicos quanto não metálicos, que conferem propriedades distintas ao material. É considerada aço uma liga metálica de ferro que contém menos de 2% de carbono; se a percentagem for maior recebe a denominação de ferro fundido.
 - Os aços são ligas metálicas de ferro e carbono com concentrações máximas de 2,2% em peso de carbono, aproximadamente. O carbono é o elemento de ligação principal, porém os aços contêm outros elementos. Dependendo do seu conteúdo em carbono são classificados em:
 -Aço baixo em carbono. Contém menos de 0.25% de carbono em peso. Não são tão duros nem tratáveis termicamente, porém dúcteis. São utilizados em veículos, tubagens, elementos estruturais e outros. Também existem os aços de alta resistência com baixa liga de carbono, no entanto, contêm outros elementos na sua composição, até uns 10% em peso; apresentam uma maior resistência mecânica e podem ser trabalhados facilmente.
 - Aço médio em carbono. Entre 0,25% e 0,6% de carbono em peso. Para melhorar as suas propriedades são tratados termicamente. São mais resistentes que os aços baixo em carbono, porém menos dúcteis, sendo utilizados em peças de engenharia que requerem uma alta resistência mecânica e ao desgaste.
 - Aço alto em carbono. Entre 0,60% e 1,4% de carbono em peso. São os mais resistentes, no entanto, os menos dúcteis e utilizados principalmente para a fabricação de ferramentas.
 -Um dos inconvenientes do ferro é que se oxida com facilidade. Existem uma série de aços aos quais se adicionam outros elementos ligantes, principalmente o crómio, para que se tornem mais resistentes à corrosão. São os chamados aços inoxidáveis.

by Lisete_Viegas

 

O que é Multimédia? 10 de Julho, 2011

alfredofotoExistem vários conceitos de multimédia, a definição geral mais aceite é que a multimédia é a combinação controlada por computador de vários tipos de informação em que existe pelo menos um meio estático e um meio dinâmico.
O texto, as imagens, os gráficos, o vídeo, o áudio ou mesmo as animações são os tipos de multimédia mais usuais e com que lidamos no dia-a-dia.
Estes tipos de multimédia podem ser classificados como:

- Sintetizados ou criados por computador (texto, gráficos, animações)

- Capturados devido a virem do mundo real (imagens, vídeo e áudio)

- Estáticos porque envolvem apenas a dimensão espacial e são independentes do tempo.

- Dinâmico porque o tempo faz parte do seu conteúdo (tipo de multimédia que consiste numa reprodução continua ou temporal).

Um sistema multimédia caracteriza-se por representar sob a forma digital informação onde a interface oferecida pode permitir algum tipo de interactividade. Existe pelo menos um meio dinâmico e um estático controlado por computador. No caso de existirem sistemas que estimulem várias percepções passamos a um sistema multimodal ou multissensorial, que na essência é um sistema multimédia que estimula vários sentidos do ser humano (visão, audição, tacto, paladar ou olfacto).
Uma aplicação multimédia não é mais de que um software ou programa informático que combina, reproduz e controla os conteúdos ou os tipos diversos de média (ex: jogos interactivos, aplicações de realidade virtual, aplicações de educação ou mesmo aplicações de informação ao público).

Vídeos interessantes que nos dão a conhecer a Multimédia multissensorial:

(Parte I)

http://www.youtube.com/watch?v=MDFKYrSJefc

(Parte II)

http://www.youtube.com/watch?v=mzKmGTVmqJs

OU

Procurar no Google por: Pranav Mistry videos

by Alfredo_Ferro

 

Design Thinking 10 de Julho, 2011

joanaDesign Thinking é uma metodologia criativa e prática para resolução de problemas e concepção de projectos. Ela utiliza empatia, criatividade e racionalidade para atender necessidades do usuário e guiar objectivos empresariais. Ela permite que abordagens e competências normalmente associadas ao design fiquem em maior evidência e sejam mais facilmente aplicáveis em um número maior de contextos.
É um processo essencialmente criativo, que encoraja pensamento inovador e evita julgamento precoce, causando um acúmulo de ideias distintas sobre a questão estudada. Estas ideias são combinadas para formar soluções, que são então prototipadas; e estes protótipos são analiticamente comparados para gerar uma solução final.
Características:
Cada aplicação de design thinking é bastante influenciada pela individualidade dos profissionais envolvidos e a realidade da instituição e questão estudada, o que dificulta uma caracterização homogénea do processo. Porém, atributos como criatividade, curiosidade, trabalho em equipa, polivalência e foco no usuário final e negócios estão sempre presentes em qualquer aplicação da metodologia.
Nas teorias de gestão, design thinking é membro do paradigma Arquitectura/Design/Antropologia, que caracteriza empreendimentos inovadores e centrados no factor humano. Quando comparada com metodologias de gestão tradicionais - que utilizam paradigmas Matemáticos/Económicos/Psicológicos, observa-se também um foco distinto em trabalho organizado em iterações, colaboração, e modos abdutivos de raciocínio.
Há interesse académico considerável focado no entendimento do design thinking e seus princípios, e várias empresas de vanguarda aplicam total ou parcialmente a metodologia, com considerável sucesso.
Considera-se que o Design Thinking é a união de dois tipos de pensamento: pensamento analítico e pensamento intuitivo

by Joana_Algarvio

 

JULHO 2011 10 de Julho, 2011

jose-fialho-ferro_lt0101Neste mês de Julho, começamos a nossa crónica com muito atraso, o que origina a impressão do nosso Boletim já com o mês quase passado. Todavia, como diz o Povo na sua sapiência, vale mais tarde que nunca.
   Assim cá estamos nós.
   Em Julho houve algumas efemérides que deviam ser registadas
   No dia 1 de 1867 foi abolida em Portugal a pena de morte e no ano de 1906 foi fundado o meu estimado Sporting Clube de Portugal.
   Dia 7 de 1923 morreu Guerra Junqueiro
   Dia 9 de 2000 Portugal tornou-se campeão europeu de florete.
   Dia 11 de 1822 foi votada a primeira lei eleitoral do voto secreto e directo.
   Dia 13 de 1958 D. António Ferreira Gomes, então Bispo do Porto escreveu uma carta aberta a Salazar, o que o levou ao exílio.
   Dia 15 de 1912 morre de insulação na maratona dos jogos olímpicos de Estocolmo o atleta português Francisco Lázaro.
   Dia 19 de 1934 nasceu Francisco Sá Carneiro.
   Dia 26 é o dia Nacional dos Avós
   Dia 27 de 1970 morreu António de Oliveira Salazar
   Dia 31 de 1498 Cristóvão Colombo descobriu a ilha da Trindade, nas Americas.
   Estas foram algumas das muitas  efemérides do mês de Julho de diversos anos, mas muitas outras dignas de registo também aconteceram,
   Por exemplo, o bombardeio diário da, Troika para aqui troika para ali, que é uma belíssima forma, quais ministros da intoxicação mental que Hitler mandava praticar, para servir de pretexto para continuar o massacre da guerra mundial. Agora, os mesmos, mas num outro tempo e contexto
trazem-os a mesma destruição, não pelo poder das armas, mas pelo poder económico e financeiros.  Outras inteligências, as mesmas maldades. A destruição da natureza humana com o aumento da fome, que já existe em Portugal, da instabilidade social, desemprego, desespero, que racionalmente leva á perda de dignidade e respeito pelo próximo e ainda pior, por nós próprios. Estes crânios iluminados em proveito próprio, que usam e abusam falando em nome de um povo, dizendo-se autorizados pelo direito ou legitimidade do voto, esquecendo-se que ninguém consegue enganar todos durante todo o tempo. È altura de dizer basta e pressionar, de forma pacifica, mas com a força que a razão nos dá, a alteração do actual sistema,por gasto, desactualizado e economicamente prejudicial.
   Só se poderá sentir autorizado a falar em nome de alguém, quando pelo mesmo for autorizado, isto é, quando os candidatos a cargos dirigentes e publico/políticos, se apresentarem em nome uni pessoal, ou  integrantes ou representantes de partidos ou movimentos políticos, mas em votações directas. Assim sim, o fulano ou beltrano em que eu votei, pode-me representar e falar em meu nome. Depois, reduzir a metade o numero de deputados e comissões que se auto nomeia em função dos seus interesses, levava a uma poupança de cerca de 100 milhões de euros anuais. Veja-se o orçamento e ajustes suplementares do orçamento da Assembleia da Republica de Portugal. Daqui viria o exemplo de sacrifícios que são exigidos e não praticados por quem devia mas não quer,por falta de coragem e vontade de fazer o melhor por um POVO e um País.
   Não é necessário ser catedrático para saber como se poupa sem trazer desgraças. Só é preciso querer e ter vontade e firmeza. Enfrentar os interesses instalados sem ter medo de desapear os “cavaleiros”.
   Lanço uma pergunta e um desafio aos tais Senhores.
   Quais de entre vós, iniciou e desenvolveu uma empresa sem capitais próprios, mas com a riqueza do seu querer e saber(grande capital) ?.
   Quais de entre vós foram convidados para administradores de empresas e ou instituições por reconhecimento de competências demonstradas no trabalho desenvolvido?.
   E não por “cunhas” ou conveniências de interesses politico/partidários/empresariais?
   Quais os que não ocuparam os cargos que não tivessem  antes ou depois, de prestar vassalagem a quem lhes arranjou a reformasita ou subsidio de integração pelos” altos trabalhos prestados à Nação” ?.
   Mas atenção, o que escrevo não é traição nem tão pouco anti-regime. È sim o reconhecer
que o sistema se tem aproveitado de maneira canalha, do regime que se quer continue democratico.
   Adeus Julho, que o Agosto está a bater à porta.

by José _Ferro

 

10 de Julho, 2011

caixas

 

10 de Julho, 2011

boljul_pags

 Férias exóticas: Locais paradísicos, onde o bom tempo reina. Longe dos grande centro urbanos, das buzinas e da poluição. Tailandia ou Hawai

Férias Românticas: Fuga a dois, onde o telemóvel não interrompe os longos passeios. Segestão: Veneza, Paris, Ilhas Gregas…

Férias Culturais: Aproveitar as férias para se cultivar é sempre um bom pretexto para sair do país. Sugestão: Barcelona, Roma e Cairo. 

Férias Aventura: Adrenalina, muitas adrenalina é isso que preciso nas minhas “holidays”. Nada de rotinas, nada de excursões programadas, nada de roteiros. É ao sabor do momento,num local por descobrir… a pé ou num todo o terreno. E estamos a falar do Grand Canyon, do Vietname ou, bem mais perto, de Marrocos.

Férias em família: Férias em família com pequenos à mistura torna tudo muito mais colorido. aqui é fundamental ter espaço e…diversões, senão não há como contornar as birras. parques temáticos comõ o Disneyland Paris, o Parque Asterix ou o mega espaço em Orlando são a solução ideal

 

Comédia 17 de Junho, 2011

Comédia

Entre vizinhos, após o jantar:

-Vizinho, o seu cão uivou toda a noite, deve estar a persentir a morte!

-A morte? De quem?

-Dele, se esta noite uivar outra vez.

 

Junho 2011 17 de Junho, 2011

Mês de Junho e alguns registos, deste mês em que o dia 1, para além de ser o Dia Mundial da Criança, também é o dia Mundial do Cigano.

Dia 1 de 1953 foi inaugurada a TAP.

Dia 2 saiu o nº1 do Jornal de Noticias no ano de 1888 e no ano de 2003 foi criada em Ansião a Associação Portuguesa dos Amigos da Sesta, como eu gostaria de exercer essa pratica.

No dia 4 de 1989 são mortos pelas tropas chinesas na Praça de Tiananmen em Pequim cerca de 3000 manifestantes.

Dia 6 do ano de l944 foi o dia D, desembarque das forças aliadas na Normandia.

Dia 7 de 1494 Portugal e Castela assinam o Tratado de Tordesilhas.

Dia 8 de 632 morreu Maomé, fundador do islamismo e cá o “Zé” casou no ano de 1969.

Dia 10, dia de Portugal, Camões e da Raça, no ano de 1580 (?) morre Luís Vaz de Camões e no ano de 1956 é inaugurado em Lisboa o Estádio José de Alvalade, do meu estimado Sporting Clube de Portugal.

Dia 11 de 1890 foi inaugurada a estação ferroviária do Rossio em Lisboa.

Dia 13 de 1231 morreu em Pádua, Itália Santo António de Lisboa e em 1993 morreu a fadista Hermínia Silva.

Dia 16 de 1996 morreu em Lisboa o escritor e ensaísta David Mourão-Ferreira.

Dia 18 de 1977 a equipa de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal vence a Taça dos Campeões Europeus.

Dia 19 de 1911 é aberto o primeiro Parlamento Português da I República e aprovado o Hino Nacional e as cores da Bandeira.

Dia 21 é o dia do Relógio de Sol e em 1905 nasceu Jean Paul Sartre que em 1964 recusou receber o Prémio Nobel da Literatura.

Dia 24 de 1128 D. Afonso Henriques vence o exército de sua Mãe, D. Teresa na Batalha de S. Mamede.

No dia 25 de 1933, nasceu o Arquitecto Sisa Vieira, em 1948 morreu o professor Bento de Jesus Caraça e em 1975 é reconhecida a independência de Moçambique.

Dia 26 de 1982 Carlos Lopes bateu o recorde mundial de 10.000 metros.

Dia 30 de 1487 é impresso em Portugal o primeiro livro Pentateuco (Tora em hebraico), em 1793 é inaugurado em Lisboa o Teatro Nacional de São Carlos.

Estes são alguns registos que nos parecem de interesse.

Mas, outros houve e haverão neste mês de Junho que são mais importantes para o nosso dia-a-dia. Senão vejamos.

A 5 de Junho tivemos eleições legislativas que deram o resultado por praticamente todos nós mesmo, mesmo os não concordantes, era esperado, e que num trabalho de grande empenho os media desejavam. Não houve nenhuma alternativa. Haverá sim alternância que será mais do mesmo.

O Ali-Baba, do maravilhoso livro de histórias, já lá está. Os 40 estão a caminho. São os mesmos de sempre. São os mesmos que estimularam com incentivos e subsídios à não produção e abandono das pescas e da agricultura, que agora, quais descarados de memória curta, apelam ao aumento da produtividade. Os mesmos que estimularam o consumismo, que agora apelam á poupança, sabendo bem que não se consegue poupar. Os mesmos que se auto promoveram e aos seus amigos em lugares de chorudos vencimentos e mordomias, os chamados “Tachos públicos” e que agora, com o olhar soberano do sistema vão voltar para continuarem o que deixaram por acabar.

E depois, continuamos a ter de gramar com o douto saber que vem das águas do Oceano, na máxima que “não assinou não tem de respeitar as decisões”. È revoltante e indigno da parte de quem detém o poder e capacidade de se impor não o conseguir fazer e fazer de todos nós cidadãos de segunda, que se tem de sujeitar ás parvoeiras de um qualquer licenciado baboso e provocante que nos pesa no bolso, qual cão que morde a mão a quem lhe dá de comer.

Exijo o direito à minha indignação e ao vil propósito de dizer não por andar a ser explorado.

Venha o Julho, que de Junho estou farto.

by José_Ferro

 

Verão… 17 de Junho, 2011

Verão

Verão... Aí vamos nós!!!

 

Verão… 17 de Junho, 2011

O Verão é uma das quatro estações do ano. Neste período, as temperaturas permanecem elevadas e os dias são longos. Geralmente, o Verão é também o período do ano reservado às férias.

O Verão do Hemisfério Norte é chamado de “Verão Boreal”, e o do Hemisfério Sul é chamado de “Verão Austral”. O “Verão  Boreal” tem início com o solstício do Hemisfério Norte, que acontece cerca de 21 de Junho, e termina com o equinócio de Outono nesse mesmo Hemisfério, por volta de 23 de Setembro. É o caso de Portugal.

O “Verão Austral” tem início com o solstício de Verão do Hemisfério Sul, que acontece cerca de 21 de Dezembro, e finda com o equinócio de Outono, por volta de 20 de Março nesse mesmo Hemisfério. É o caso do Brasil.

Fonte: Wikipédia

Verão

 

 

Portuguese flagItalian flagEnglish flagGerman flagFrench flagSpanish flag
 
 
 
 
 
 

ir para a home do blog enviar email ir para página anterior ir para página seguinte
copyright 2003-2009 © FialhoFerro - Publicidade, Expositores, Representações, Lda.   | webmaster@fialhoferro.com   | v.2.2.0
blog.fialhoferro.com criado com WordPress, RSS Artigos e RSS Comentários.