Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017
ir para a home do blog enviar email ir para página anterior ir para página seguinte
 
 
adicionar aos favoritos | área reservada
  Este é o blog da FialhoFerro, Lda. Saber mais Quem somos Serviços Contactos
 
 

Arquivo da Categoria ‘Sem categoria’

Quinta-feira, 10 de Fevereiro, 2011

exp-balcao

Fevereiro 2011 Quinta-feira, 10 de Fevereiro, 2011

jose-fialho-ferro_lt01011Mais um mês. Este mais curto em dias que os outros, mas em termos de exigências, obrigações e responsabilidades é igual, isto é, é maior exactamente por ser mais curto em dias.
Mas o Fevereiro tem as suas originalidades.
    Vejamos!
  Em Fevereiro é assassinado o Rei D. Carlos, nasceu Almeida Garrett, nasceu o padre António Vieira, são atribuídos os canais à SIC e TVI, é decapitada Maria Stuart, rainha da Escócia.
Morreu Maluda, artista plástica portuguesa, nasceu o filosofo Agostinho da Silva, é assassinado o General Humberto Delgado, nasceu Carlos Paredes, morreu Vitorino Menesio, nasceu António Aleixo, Karl Marx e Engels publicam o manifesto do Partido Comunista, morreu Jonas Savimbi,foi abolida por Portugal a escravatura em todo o seu território, nasceu Zeca Afonso, inicio da revolução de Outubro na Rússia, António Arnaut anuncia em Beja o lançamento do Serviço  Nacional de Saúde em Portugal e tantas outras efemérides, que tornam rico o mês de   Fevereiro
   Fevereiro é o mês do Dia dos Namorados
  Fevereiro é.,…………….e será mais um mês de luta, de esperança e desilusão. Fevereiro vai ser igual a todos os outros num caminhar incerto e angustiante para os mesmos de sempre, que com pouco se contentam e muito nunca terão, na esperança que um dia lhes saia o euro-milhões pois o totoloto já será pouco
   Para nós, Fevereiro é a continuação de uma esperança que as coisas não piorem, para podermos dar continuidade ao nosso projecto de empresa cumpridora com as suas obrigações e satisfação dos nossos colaboradores.
   Esperança, eterno sentimento de quem sabe que por vezes  é impotente para a concretização
das vontades, não por culpa ou incapacidade próprias, mas de outrem.
  Todavia, com a alma que diferencia os “VERDES” que desportivamente muito sofrem mas sempre esperançados que “pró ano é que é”, cá iremos esperando por outros amanhãs, isto é outros “Marços”!
 

by José_Ferro

Artigo do mês - Janeiro 2011 Segunda-feira, 10 de Janeiro, 2011

artigo-mes

Bolo de maçã Segunda-feira, 10 de Janeiro, 2011

Para cerca de 6 pessoas:

Bolo
75 g de manteiga amolecida
175 g de farinha com fermento
50 g de açúcar em pó
1 ovo
75 ml de água
3 maçãs reinetas descascadas, descaroçadas e partidas em fatias grossas(cerca de 350 g)

Cobertura
60 g de açúcar mascavado claro
1 colher de chá de canela moída
25 g de manteiga
Pré-aquecer o forno a 180º C.
Untar com manteiga e forrar com papel vegetal uma forma com cerca de 20 cm de diâmetro.
Misturar a farinha com a manteiga numa taça e trabalhar com a ponta dos dedos até obter uma massa granulosa.
Juntar o açúcar e misturar bem.
Incorporar o ovo e a água até que esteja uma massa cremosa.
Espalhar a massa no fundo da forma.
Colocar as fatias de maçã sobre a massa, prensando-as ligeiramente.
Cobrir com o açúcar mascavado, a canela e espalhar pequenos pedaços de manteiga por cima.
Levar ao forno por cerca de 30-35 minutos.
Retirar do forno e deixar arrefecer ligeiramente antes de desenformar.
Servir o bolo morno ou frio.

In blog Flagrante Delícia

Sugestão de Joana_Silva

JANEIRO 2011 Segunda-feira, 10 de Janeiro, 2011

jose-fialho-ferro_lt0101

 Caiu o pano!.
  Foi-se  2010. Veio 2011.
  Foi-se o velho e entrou o novo.
  O velho, como sempre, foi bom para alguns, mau para muitos e ainda muito mau para outros.
  O novo, qual lugar comum de palavras feitas, todos desejamos que seja melhor.
  Para nós e em termos de actividade, fazemos votos que  não piore. Conseguimos cumprir em 2010 o nosso principal objectivo.
  Continuar a merecer a confiança dos nossos parceiros Clientes e das Instituições que em nós continuaram a acreditar, pagar pontual e integralmente aos funcionários, segurança(?)social, fisco, iva  e toda a carga que nos impõem e à qual não podemos nem queremos fugir, assim como dentro do razoável e possível, aos nossos parceiros externos (fornecedores)
  Bem hajam todos!.
  Esperamos atingir e poder cumprir em 2011 os objectivos que nos propomos e que poderão, a muitos, parecer ambiciosos. Melhorar e aumentar as nossas capacidades produtivas, tentando ganhos de produtividade, podendo assim, contrariar a tendência proclamada pelos arautos das desgraças de aumento de desemprego. Pensamos ser possível criar mais postos de trabalho, alargar o nosso mercado. Para isso temos dado passos e estudado possibilidades.
  Sem precipitações, mas sem receios exagerados. É preciso acreditar e ter capacidade para correr alguns riscos, com a humildade e consciência das nossas capacidades que este tipo de ambição comporta.  Pensamos poder ser, dentro de curtíssimo espaço de tempo, mais uma empresa credenciada com certificação ISO 9001.Estruturámos internamente a empresa, elaborámos projecto, solicitámos auditorias interna e externa e aguardamos resultados finais.
   As expectativas pois não são de todo angustiantes. Pese embora toda a injecção que nos impõem de miserabilismo, de papões de BCE de FMI etc, nós pensamos que não nos devemos curvar mas sim
impor a nossa teimosia em acreditar nas nossas reais capacidades de trabalho e competência, no nosso direito à cidadania responsável e exigente sem nos vergarmos a quem de nós se serve. Que
a todos devia ser  posto ao serviço o direito à saúde, educação, ensino, segurança social, justiça.
   O que nos falta, ai sim, deviam dar-nos  injecções de solidariedade e distribuição daquilo
que é de todos e só a alguns serve e uns quantos, que são muitos, se servem. Haja justiça igual para todos e pesada para os que se servem da coisa publica. Haja transparência na gestão da coisa publica e penalizem-se os incompetentes.
   O Povo em nome de quem todos se sentem no direito de ser porta voz, sem dele terem procuração, na sua sapiência diz e com razão que quem não deve não teme e que se deve ser como a mulher de César. Não basta dizer ou parecer é preciso Ser.
   Bem hajam, até Fevereiro

Linux vs Windows, concorrentes ou complementares? Sexta-feira, 10 de Dezembro, 2010

Ao verificarmos a evolução das versões lançadas pelas duas “marcas” notamos algo interessante.
O Windows cada vez mais tenta associar o seu ambiente gráfico e amigável com um “motor” robusto e fiável á semelhança do Linux.
Por outro lado o Linux com um “motor” já relativamente robusto tenta associar cada vez mais um ambiente gráfico muito parecido com o Windows, casos disso são o ambiente Gnome ou KDE.
A convergência é óbvia. Assim poderá se dizer sem grande profundidade técnica que tanto um como outro tem pontos positivos.
Outra característica muitas vezes que serve como rótulo ou bandeira para os SOs é o custo que necessariamente está sempre presente.
É verdade que o Windows tem um custo associado. É verdade que o Linux tem distribuições gratuitas, mas também é verdade que para o Windows o custo tem incluído ajuda de suporte enquanto no Linux o suporte é pago.
Estratégias de mercado diferentes. A realidade e a grande diferença é que no geral para o mercado empresarial e doméstico procura-se mais o Windows, e para o nicho de mercado dos entusiastas da “programação” e algum sector empresarial utiliza-se mais o Linux.
O Windows devido ás suas características “Plug and Play” não de hardware mas de utilização, onde após a instalação se começa logo a trabalhar com um ambiente familiar mas rígido e fechado.
O Linux devido ás suas várias configuração especificas que requerem muito trabalho técnico inicial mas depois pouco de manutenção e monitorização. Além sendo um SO “aberto”, novos suplementos podem ser adicionados ou melhorados sendo flexível por natureza, podendo ser alterável para fins específicos.

by Alfredo_Ferro

Arte digital Sexta-feira, 10 de Dezembro, 2010

Arte digital ou arte de computador é aquela produzida em ambiente gráfico computacional.
Utiliza-se de processos digitais e virtuais. Inclui experiências com net arte, web arte,vídeo-arte, etc. Tem o objetivo de dar vida virtual as coisas e mostrar que a arte não é feita só a mão. Existem
diversas categorias de arte digital tais como pintura digital, gravura digital, programas de modelação 3D, edição de fotografias e imagens, animação, entre outros. Os resultados podem
ser apreciados em impressões em papéis especiais ou no próprio ambiente gráfico computacional. Vários artistas usam estas técnicas. Ao contrário dos meios tradicionais, o trabalho é produzidopor meios digitais. A apreciação da obra de arte pode ser feita nos ambientes digitais ou em mídias tradicionais. Existem diversas comunidades virtuais voltadas à divulgação da Arte Digital, entre elas, Deviantart,CGsociety e Cgarchitect.

Manipulação de fotos
É uma das principais áreas de expressão da arte digital. Consiste em manipular uma fotografia, sendo esta manipulação visível além de mudança de cores. Deve-se manter em mente que somente pode-se utilizar fotografias de “stock” (fotografias nas quais o autor especifica que tais podem ser utilizadas para trabalhos de arte de outros, não somente manipulação de fotos, mas também como referência para desenhos e pinturas, arte vetor, modelos tridimensionais, e outros.) para realizar manipulações que não infrinjam as leis de copyright autoral.

Pintura digital
Pintura digital ou ilustração digital, trata-se de geração de trabalhos utilizando programas específicos para  edição de imagem que simulam a pintura em óleo sobre tela. Muito embora existam possibilidades de aquarela, baixo-relevos, etc.

by Fernando_Imaginário

Dezembro / 2010 Sexta-feira, 10 de Dezembro, 2010

Mês de tantas efemérides!
  Umas boas, outras e são as mais, más ou mesmo muito más.
  Boas, sobretudo para as crianças que ainda têm quem lhes dê prendinhas, para os católicos que celebram a vinda de Jesus, Aleluia é Natal, para os aniversariantes e para os que  desejam que 2010 passe rapidamente.
  Más, para todos os que ficaram sem emprego, ou com emprego sem receberem os salários  que lhes são devidos e na maioria dos casos merecidos, porque também os à que não os  justifica ou merece.
  Muito más, para os que viram partir numa viagem sem regresso os seus entes mais queridos e amados, uns por doença, outros por acidentes e ainda outros por decisão pessoal.
  Para todos estes a nossa solidariedade!
  Para nós empresa e em termos pessoais, o 2010 tem sido um ano que desejamos passe  depressa. Não nos deixa recordações muito simpáticas.
  Felizmente conseguimos com o trabalho de toda a equipa e a confiança dos nossos parceiros chegar ao fim do Ano e respeitar os nossos compromissos, salariais, fiscais e sociais.
  Alguns dirão que já não foi mau! Nós diremos que gostaríamos e podia ter sido melhor.
  Gostaríamos porque essa é e será sempre a nossa vontade e desejo, perseverança, capacidade e condições humanas e de equipamentos para o conseguir. Mas, haverá sempre um mas, nem sempre a associação das condições e vontades é suficiente para o fim almejado.
  O que é lamentável é que o estado, (com letra minúscula, pois é um estadosinho) não cumpra as suas obrigações de moderador da sociedade e justiça social, da solidariedade, enfim daquilo que hoje mais do que nunca Portugal necessita.
  Esperemos que o 2011, nos traga tudo aquilo, ou pelo menos minimize, o que tanta falta os  faz. Muita saúde. Muito amor, Muita solidariedade, Muito trabalho para ser distribuído a quem dele necessita!

by José_Ferro

“Farmácia Lopes Duarte - Alcorochel” Quarta-feira, 15 de Setembro, 2010

É com agrado que a Fialho Ferro, Lda anuncia que pode contar com mais um parceiro, desta vez na área farmacêutica. A farmácia Lopes Duarte em Alcorochel proporcionará descontos variados aos colaboradores da Fialho Ferro, Lda na aquisição de diversos artigos.
Sinónimo de juventude e dinâmica, a Farmácia Lopes Duarte garante-lhe um atendimento personalizado e consciente da arte de bem servir. Visite o n/parceiro!

SALTIMBANCO (CIRQUE DU SOLEIL) Quarta-feira, 15 de Setembro, 2010

anabela-isidro_lt01
Saltimbanco, o mais antigo espetáculo do Cirque du Soleil, apresentado pela primeira vez em 1992, é descrito pelo Cirque como uma celebração da vida. Os seus criadores dizem que o desenvolveram como um antidoto contra a violencia e o desespero tão comuns no século XX. Saltimbanco oferece a sua própria visão da vida, plena de optimismo e alegria. Através de uma trilha sonora original, Saltimbanco oferece uma linguagem única através de musica, arte e teatro.
Em resumo, a história do espetáculo a de uma criança que sai para viver longe da sua família. Ela sai do conforto familiar para explorar todo um mundo à sua volta, uma cidade imaginária, o mundo de Saltimbanco.
Um espetáculo para toda a família, repleto de cor, luz e magia, aliados à arte circense. É um espetáculo que maravilha quem assiste pela primeira vez, para mim sem dúvida, um espetáculo a não perder. De 13 a 17 e de 19 a 24 de Outubro no Pavilhão Atlântico.

by Anabela_Isidro

Artigo do Mês - Outubro Segunda-feira, 19 de Outubro, 2009

artigooutubropvp_site1

Exposição Escultura em Metal Sexta-feira, 2 de Outubro, 2009

jose_coelhoQueremos parabenizar e homnagear o n/conterrâneo José Coêlho que apartir de amanhã dia 3 de Outubro, e até ao dia 6 de Novembro, irá  espôr os seus trabalhos na GALERIE ART PRESENT em Paris.

José Coelho nasceu em Árgea (Olaia) - Torres Novas. Vive em Riachos desde os 11 anos. Fez formação no Externato Paulo VI no Laranjeiro, no instituto politecnico de Santarem e na Sociedade Nacional de Belas Artes, em Lisboa. Prémio Dr Gustavo Cordeiro Ramos, atribuido pela Academia Nacional de Belas Artes em 2003.

Foi disciplo do escultor e Mestre Martins Correia. Estudou desenho com ele, e manteve contacto permanente no seu artelier-oficina Casa Museu na Golgã desde a sua abertura até ao fim dos seu dias.

Participou na exposição 100 anos, 100 artistas S.N.B.A, Lisboa.

Expõe regularmente em Paris.

Festas do Concelho de Sardoal 2009 celebram 478 anos de elevação a Vila. Terça-feira, 15 de Setembro, 2009

joao-tavares_lt01 

São Festas diferentes! Porquê?

Temos dito que as Festas do Concelho de Sardoal são diferentes. Não são melhores que as outras. São…diferentes!…

Eis algumas das boas razões para acreditar nisso:

1ª - Porque celebram uma data histórica de grande importância, ou seja, a elevação do lugar de Sardoal à categoria de Vila, através de Carta Régia, passada por D. João III, em Évora, em 22 de Setembro de 1531;

2ª - Porque se renovam em cada edição, procurando dar resposta a novos gostos e tendências. Para além do Festival Hípico, que já se tornou um evento de referência pelo seu pragmatismo organizativo, este ano, pela primeira vez, as Festas integram uma Prova de Resistência de BTT;

3ª - Porque são pioneiras. De facto, são as mais antigas no norte do Ribatejo e das mais antigas em toda a região. Têm 23 anos. Tiveram início modesto, em 1986, mas depressa evoluíram.
.
4ª - Porque se reclamam herdeiras das antigas e tradicionais Festas de Setembro, realizadas pela Santa Casa da Misericórdia, no Cimo do Convento, em louvor a Santa Maria da Caridade, e que, nessa altura, colocaram o Sardoal no mapa da melhor animação, atraindo milhares de visitantes;

5ª - Porque são Festas abrangentes e têm um objectivo estratégico moderno, assumindo-se como alternativa ao carácter desvirtuado e mercantilista das chamadas Festas de Verão.
Nas Festas de Sardoal mistura-se a vertente de arraial popular com uma oferta artística e sociocultural que corresponde às expectativas dos vários públicos que as frequentam.

6ª - Porque o programa de animação musical é concebido com critérios de diversidade, tentando satisfazer os interesses específicos dos vários escalões etários do público (desde o rock à música clássica, passando pelo fado, folclore e canção ligeira entre outros géneros).

7ª - Porque a generalidade dos espectáculos e acções que integram o programa de animação, têm o seu início à hora marcada, (salvo se algum condicionalismo externo e alheio à organização (como o mau tempo) leve a eventuais alterações);

8ª - Porque é um factor de dinamização endógena, mobilizando para um fim concreto, os agentes económicos em geral, as colectividades e associações, os artistas, os artesãos e grupos de moradores da Vila, os quais participam activamente instalando tasquinhas com gastronomia típica;

9ª - Porque já é um grande cartaz turístico e de divulgação do concelho de Sardoal, permitindo a sua visibilidade na Comunicação Social e potenciando os seus recursos humanos, sociais, económicos, ambientais, culturais e monumentais;

10ª - E porque… As Festas do Sardoal têm “mística”. São usufruídas com afectos à flor da pele. Em cada rua, em cada espaço, em cada tasquinha, em cada recanto, há uma emoção à sua espera. Verifique. Não deixe lá ficar aquela que lhe pertence…
Somos gente hospitaleira (até se diz que no Sardoal ninguém é de fora!) e ficamos orgulhosos de compartilhar com os outros, aquilo que para nós é motivo de franca alegria. Como já escreveu Gil Vicente, em 1527, os lagartos (referindo-se aos habitantes do Sardoal) têm fama de foliões e bailadores.·

by João_Tavares

Feijão com óleo de palma Terça-feira, 15 de Setembro, 2009

1221122d-c4c8-4ff3-acb4-a962969504651

 

 

 

Para 6 a 8 pessoas
1 kg de feijão encarnado
água
sal
2 dl de óleo de palma
 
Para a farofa:
40 g de Vaqueiro
150 g de sêmola de mandioca (farinha de pau)

 Preparação:
Cubra o feijão com água e deixe de molho de um dia para o outro. 
Escorra a água, o feijão em água corrente e deite-o numa panela. Cubra-o completamente com água, tempere com sal e leve ao lume. Deixe cozinhar, tapado e sobre lume moderado durante cerca de 1 hora ou até o feijão estar macio. Adicione o óleo de palma e deixe ferver sobre lume muito brando mais 15 a 20 minutos, mexendo de vez em quando.
Entretanto, derreta a Vaqueiro numa frigideira larga antiaderente. Adicione a sêmola de mandioca e deixe cozinhar mexendo sempre até ficar dourada.
Sirva o feijão salpicado com a farofa.

Versão rápida:

 para abreviar o tempo de preparação, coza o feijão na panela de pressão durante cerca de 40 minutos.
Versão relâmpago: Abra duas latas grandes de feijão cozido para um tacho, leve ao lume e quando começar a ferver junte o óleo de palma e deixe apurar.

 

Sugestão de Joana_Silva 

 

Curiosidade Terça-feira, 14 de Julho, 2009

No Dia 7 de Agosto de 2009
às 12 horas 34 minutos e 56 segundos, em 7 de Agosto deste ano, a data
e a hora serão
12:34:56 07/08/09
1 2 3 4 5 6 7 8 9
Isto nunca vai acontecer de novo na Tua vida!!!!

 
 
 
 
 
 

ir para a home do blog enviar email ir para página anterior ir para página seguinte
copyright 2003-2009 © FialhoFerro - Publicidade, Expositores, Representações, Lda.   | webmaster@fialhoferro.com   | v.2.2.0
blog.fialhoferro.com criado com WordPress, RSS Artigos e RSS Comentários.