Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017
ir para a home do blog enviar email ir para página anterior ir para página seguinte
 
 
adicionar aos favoritos | área reservada
  Este é o blog da FialhoFerro, Lda. Saber mais Quem somos Serviços Contactos
 
 

Arquivo do mês de Março, 2011

Comédia Quinta-feira, 17 de Março, 2011

Comédia

A esposa: - Ó Fernando! Ajuda-me a calar o bebé! Ele é tanto meu como teu! O marido (virando-se para o outro lado cheio de sono): - Cala a tua metade e deixa chorar a minha.

O pequeno Zézito diz ao pai: - Pelo Natal, gostaria de ter um revólver verdadeiro! - O quê!? - Rezingou o pai - tu és doido, ou quê? - Quero um revólver verdadeiro! Quero um revólver verdadeiro! - Choraminga o Zézito. - Basta - ralha o pai - quem é aqui o dono da casa? Diz o Zézito, com fleuma: - És tu, mas se eu tivesse um revólver verdadeiro…

Bolo de lama do Mississippi Quinta-feira, 17 de Março, 2011

Ingredientes para 6 a 8 pessoas:

112 g de manteiga derretida

180 g de açúcar

30 g de cacau 100%

2 ovos, levemente batidos

½ colher de chá de extracto de baunilha

Uma pitada de sal

90 g de farinha de trigo

½ colher de chá de fermento químico

75 g de nozes tostadas e grosseiramente picadas

150 g de marshmallows pequenos ou dos grandes cortados em 4 partes.

50 g de chocolate de leite

25 ml de natas

Preparação:

Pré-aquecer o forno a 180º C.

Untar com manteiga e polvilhar com cacau uma forma de 23 x 12 cms.

Misturar a manteiga com o açúcar, o cacau, os ovos e a baunilha e bater cerca de 2 minutos.

Noutra taça misturar a farinha, o sal e o fermento.

Adicionar à primeira mistura batendo apenas até que a massa fique homogénea.

Juntar as nozes e misturar bem.

Verter a massa na forma.

Levar ao forno por 25 minutos.

Retirar do forno e espalhar os marshmallows por toda a superfície do bolo.

Levar novamente ao forno durante cerca de 5 minutos ou até que os marsmallows estejam ligeiramente dourados.

Retirar o bolo do forno e deixar arrefecer sobre uma grade de pastelaria.

Desenformar sobre um tabuleiro forrado com película aderente e inverter para o prato de servir.

Picar o chocolate de leite e misturar com a nata.

Aquecer no microondas com uma potência média e com pequenos intervalos de calor e mexer até homogeneizar.

Verter a cobertura sobre o bolo e terminar com mais algumas nozes.

Bolo de lama do Mississippi

by Joana_Algarvio

Dia Internacional da mulher Porquê o dia 8 de Março? Quinta-feira, 17 de Março, 2011

No ano de 1857, operárias têxteis de uma fábrica em Nova Iorque entraram em greve, ocupando a fábrica, para reivindicarem a redução de um horário de mais de 16 horas por dia para 10 horas. Estas operárias que, nas suas 16 horas, recebiam menos de um terço do salário dos homens, foram fechadas na fábrica onde, entretanto, se declarara um incêndio, e cerca de 130 mulheres morreram queimadas. Em 1910, numa conferência internacional de mulheres realizada na Dinamarca, foi decidido, em homenagem àquelas mulheres, comemorar o 8 de Março como “Dia Internacional da Mulher”.

Dia internacional da mulher

Parabéns Fialho Ferro Quinta-feira, 17 de Março, 2011

15 anos irão passar desde a data da constituição da Fialho Ferro, Lda.

A 13 de Março de 1996 Maria Inês Fialho Ferro e José António Fialho Ferro deram inicio a este projecto.

Felicitamos os gerentes, parceiros e colaboradores que, ao longo destes anos têm contribuído para o bom desenvolvimento desta empresa.

Felicidades a todos, por muitos e longos anos!

parabéns

Dia do pai Quinta-feira, 17 de Março, 2011

dia do pai

Meu querido pai - 19 de Março

Marketing Relacional - o que é? Quinta-feira, 17 de Março, 2011

O Marketing Relacional tem por base a construção de relações estáveis e duradouras entre Empresas e os seus Clientes.

Através do Marketing Relacional o modelo de negócios passa a ser centralizado no cliente e apoiado no desenvolvimento tecnológico, na gestão de informação e no serviço de apoio ao cliente/colaborador.

Esta orientação implica uma concepção estratégica baseada nos seus recursos (humanos, tecnológicos, conhecimentos, etc.) e nas capacidades, que permitem alcançar uma vantagem competitiva difícil de imitar.

Com este modelo de negócio, os clientes têm a oportunidade de se tornarem colaboradores e, desta forma, desenvolver a sua actividade, promovendo produtos através do relacionamento com terceiros.

by Andreia_Branco

Tu à janela de papel Quinta-feira, 17 de Março, 2011

Os teus olhos

Preciso de os encontrar de quando em quando

Para te guardar melhor

na memória que me orla o coração.

Sou o que resta de ti,

Mas quando te vejo

Tu não estás a sorrir.

Choro sem som porque a água esgotou-se

naquele dia e no outro,

e no outro que virá

Mas não me importo

porque as lágrimas chegam-me até ti.

O que os teus olhos me fizeram…

Agora tenho-os ali a fitarem-me

por aquela janela de papel brilhante.

Precisava de ti

Tu não me vias

Queria que me mostrasses o mundo

mas fizeste-me acreditar em monstros.

Hoje eu vejo-te

Tu não estás a sorrir

Ainda preciso de ti

Mas se me perguntasses

Eu pedia-te a minha infância de volta!

by Liliana_Cardoso

PVC Quinta-feira, 17 de Março, 2011

O seu nome: Policloreto de Vinilo (PVC). É um material plástico sólido que se apresenta na sua forma original, como um pó de cor branca. Fabrica-se por polimerização do monómero de cloreto de vinilo (VCM) que, por sua vez, é obtido do sal (57%) e do petróleo (43%). Foi patenteado como fibra sintética há mais de oitenta anos e em 1931 começou a sua comercialização.

O consumo mundial é actualmente cerca de 30 milhões de toneladas anuais, das quais 25% são utilizadas na Europa Ocidental, o que o torna um dos plásticos com maior procura.

O PVC é leve, quimicamente inerte e completamente inócuo. Resiste ao fogo e às intempéries, é impermeável e isolante (térmico, eléctrico e acústico), de elevada transparência, protege os alimentos, é económico (relação qualidade/preço), fácil de transformar (por extrusão, injecção, moldação-sopro, calandragem, termo-moldação, prensagem, recobrimento e moldagem de pastas), e é reciclável.

Utiliza-se principalmente em aplicações de longa duração:

- Longa duração - 64%:

Tubos, janelas, portas, móveis, etc. A sua vida útil varia entre os 15 e os 100 anos

- Média duração - 24%:

Electrodomésticos, automóvel, tapeçarias, mangueiras, brinquedos, etc. A sua vida útil varia entre 2 e 15 anos.

- Curta duração - 12%:

Garrafas, boiões, filmes para embalagens, blisters. A sua vida útil varia entre 0 e 2 anos.

As características especiais do PVC permitem-lhe ser formulado com diversos aditivos, dando origem a compostos destinados ao fabrico de produtos rígidos ou flexíveis, transparentes ou opacos, compactos ou espumas. Os aditivos que se utilizam tanto no fabrico do PVC como dos seus compostos estão sanitariamente autorizados e cumprem as prescrições exigidas pelas legislações portuguesas e comunitária. A inocuidade do PVC, referenciada pela experiência de mais de cinquenta anos, torna-o um material óptimo para aplicações médicas, sanitárias e alimentares que requerem um alto rigor de pureza e qualidade.

by Lisete_Viegas

O que é o ‘Cloud computing’? Quinta-feira, 17 de Março, 2011

Existem diversas definições que são utilizados para descrever o conceito de “Cloud computing”, ou “computação na nuvem”.

De uma forma geral, e simplificada, entende-se por “Cloud computing” a disponibilização de um conjunto de recursos de computação combinada e serviços entregues pela internet, quando o diagrama de relações entre todos os elementos se assemelha a uma nuvem.

O “Cloud computing” não deve ser confundido com “Grid computing”, “Utility computing”, ou outras formas de computação actualmente disponíveis.

O conceito envolve a interacção de vários recursos virtualizados, que interligados entre si permitem partilhar informação ao nível de tráfego do site em toda a rede. O serviço é geralmente disponibilizado como um serviço através da Internet, sob a forma de infra-estrutura como serviço (IaaS), plataforma como serviço (PaaS), ou software como serviço (SaaS).

O acesso a este tipo de infra-estrutura, liberta os clientes de elevados investimentos para a aquisição de equipamentos, gestão e manutenção dos mesmos, por de forma a manter e escalar a infra-estrutura física e humana necessária para lidar com flutuações drásticas de tráfego.

Em vez de ter de investir tempo e dinheiro para manter os seus sites ou aplicações, num ambiente de “Cloud-computing” os clientes pagam simplesmente pelos recursos que utilizam.

Esta característica, bem como a sua elasticidade significa que os clientes já não precisam de prever o tráfego, mas podem promover os seus sites de forma agressiva e espontânea, sendo os recursos necessários alocados automaticamente, em função das necessidades dos serviços de cada cliente sempre que necessário.

O que permite por exemplo responder, a situações em que se registem elevados picos de tráfego, podendo desta forma responder em tempo real, e sem qualquer tipo de intervenção por parte do cliente, a pedidos tanto de milhares como de milhões de utilizadores do seu site ou serviço on-line, sendo os recursos como largura de banda, armazenamento, etc. escalados em função das suas necessidades.

in “2010 mozzaic - cloud services”

by Alfredo_Ferro

Março 2011 Quinta-feira, 17 de Março, 2011

8 de Março, mês do dia da Mulher, do nascimento e morte de S. João de Deus ou João de Granada, de seu nome de baptismo, João Vaz Cidade nascido em Montemor-o-Novo de onde saiu para Espanha, terminando em Granada onde fundou a Ordem Hospitaleira de S. João de Deus, protector dos pobres e doentes mentais.

Março 2011, mês do Entrudo ou Carnaval.

Março, mês do inicio da lutas das mulheres pela igualdade de direitos em Nova Iorque, da fundação do Partido Comunista Português (1921), da tentativa de rebelião em Portugal, conhecida como “a Revolta da Sé”, (1950), das tropas vindas das Caldas da Rainha que marcham sobre Lisboa contra a ditadura, 1974, da tentativa de golpe de Estado em Portugal em 1975, mês em que D. João IV nomeia de Padroeira de Portugal a Imaculada Conceição.

Mês do Teatro. O actor Marlon Brando recusa o Óscar da Academia de Hollywood em protesto contra o tratamento dado aos Índios pelos EUA em 1973, mês em que foi extinto o Tribunal da Inquisição em Portugal em 31 de Março de 1821.

Cá no burgo, foi constituída a empresa Fialho Ferro, Publicidade, Expositores, Representações, Lda, no dia 13 de Março de 1996, que se propôs ser uma alternativa na produção de soluções publicitárias e de merchandising.

15 anos estão a passar e é em 11 de Março que iremos ter a 2ª auditoria para a certificação ISO 9001, efectuada pela reconhecidamente credível empresa certificadora SGS. Esperamos estar à altura do que as nossas expectativas anseiam e assim dar continuidade a um projecto que se vai consolidando, contra “ventos e marés” quais capitães de Naus navegando nos mares tenebrosos em que vivemos, agitados por gigantes (de pés de barro) que tudo vão fazendo e muito têm conseguido na destruição da malha laboral e empresarial, de quem não tem atrás de si o capital, esse famigerado capital que não é de ninguém, porque deveria ser pertença de todos, mas que alarve e teimosamente alguns “macro-encefálicos” teimam em mal distribuir, criando assim tantas desigualdades nas vidas dos Países.

Depois, bem, depois lá vêm as crises, imaginadas com criatividade e projectadas a longo ou médio prazos em função dos objectivos que o “PILIM” vil metal, pretende.

Todavia, continua a haver TEIMOSOS que não se conformam e que lutam, lutam com as “armas” que dominam, algum saber, muita vontade de fazer, e uma vontade enorme de conseguir manter vivo o sonho que acalentaram, sonho que alimenta a alma e vai satisfazendo o estômago de quem os acompanha e neles acreditam, nessa LUTA…. pacifica e de trabalho.

Nós sabemos, passe a imodéstias, que integramos esse grupo!

by José_Ferro

 
 
 
 
 
 

ir para a home do blog enviar email ir para página anterior ir para página seguinte
copyright 2003-2009 © FialhoFerro - Publicidade, Expositores, Representações, Lda.   | webmaster@fialhoferro.com   | v.2.2.0
blog.fialhoferro.com criado com WordPress, RSS Artigos e RSS Comentários.