Domingo, 22 de Abril de 2018
ir para a home do blog enviar email ir para página anterior ir para página seguinte
 
 
adicionar aos favoritos | área reservada
  Este é o blog da FialhoFerro, Lda. Saber mais Quem somos Serviços Contactos
 
 
POLIESTIRENO

liseteO  poliestireno é um homopolímero resultante da polimerização do monômero de estireno.
   À temperatura ambiente, o poliestireno apresenta-se no estado sólido. Trata-se de uma resina do grupo dos termoplásticos, cuja principal característica reside na sua fácil flexibilidade ou moldabilidade sob a acção do calor. Os processos de moldagem do poliestireno são principalmente a termoformagem a vácuo e a extrusão. Sob a acção do calor, a resina toma a forma líquida ou pastosa, moldando-se com facilidade em torno de um molde. Com o arrefecimento após a moldagem, o produto readquire o estado sólido, na forma dos moldes.
   É um termoplástico duro e quebradiço com transparência cristalina, semelhante ao vidro, e foi descoberto acidentalmente em 1839 por Eduard Simon, um apotecário em Berlim, a partir de uma resina de âmbar destilada.
   Existe, também, um processo específico de polimerização do estireno, que emprega um gás de expansão - normalmente, o pentano - gerando o poliestireno expandido, conhecido conhecido mundialmente pela marca Isopor ® e em Portugal com o nome de esferovite.
As suas principais características são:
   Fácil processamento por moldagem a quente, fácil coloração, baixo custo, semelhante ao vidro, elevada resistência a álcalis e ácidos, baixa densidade e absorção de humidade e baixa resistência a solventes orgânicos, calor e intempéries.
   Existem quatro tipos básicos de poliestireno:
   PS Cristal: homopolímero amorfo, duro, com brilho e elevado índice de refração. Pode receber aditivos lubrificantes para facilitar processamento. Usado em artigos de baixo custo, notadamente peças descartáveis tais como copos.
   PS resistente ao calor: maior P.M., o que torna seu processamento mais difícil. Variante ideal para confecção de peças de máquinas ou automóveis, gabinetes de rádios e TV, etc.
   PS alto impacto: contém de 5 a 10% de elastômero (borracha), que é incorporado através de mistura mecânica ou directamente no processo de polimerização através de enxerto na cadeia polimérica. Muito usado na fabricação de utensílios domésticos (gavetas de congeladores) e brinquedos.
   PS Expandido: espuma semi-rígida com marca comercial Isopor®. O plástico é polimerizado na presença do agente expansor ou então o mesmo pode ser absorvido posteriormente. Baixa densidade e bom isolamento térmico. Aplicações: bandejas para embalagem,  protetor de equipamentos, isolantes térmicos, pranchas para flutuação, etc.
  
   Actualmente, é um dos termoplásticos mais consumido sendo utilizado em processos de moldagem por injeção, sopro, termoformação, laminados, modificados com cargas minerais e fibras de vidro adquirindo característica de plásticos de engenharia.

by Lisete_Viegas

Comentar

Security Code:

 
 
 
 

ir para a home do blog enviar email ir para página anterior ir para página seguinte
copyright 2003-2009 © FialhoFerro - Publicidade, Expositores, Representações, Lda.   | webmaster@fialhoferro.com   | v.2.2.0
blog.fialhoferro.com criado com WordPress, RSS Artigos e RSS Comentários.