Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017
ir para a home do blog enviar email ir para página anterior ir para página seguinte
 
 
adicionar aos favoritos | área reservada
  Este é o blog da FialhoFerro, Lda. Saber mais Quem somos Serviços Contactos
 
 

Arquivo do mês de Outubro, 2010

Sexta-feira, 15 de Outubro, 2010

artigo-lancamento-porta-chaves

Sexta-feira, 15 de Outubro, 2010

prepare-o-natal2

PLANEIE A SUA ESTRATÉGIA PUBLICITÁRIA EM 6 PASSOS Sexta-feira, 15 de Outubro, 2010

Passo 1 - Conhecer os conceitos de publicidade

A publicidade constitui um meio de promover vendas em massa. Nesse sentido, tem de:
- interessar,
- persuadir,
- convencer,
- levar à acção.
A publicidade, baseando-se no conhecimento da natureza humana, tem de influenciar o comportamento do consumidor. Quanto mais se conhece as necessidades, os desejos e os impulsos, mais fácil se torna colocar em prática uma estratégia publicitária. Para que um anúncio cumpra a sua missão, levando o consumidor a adquirir o produto anunciado é necessário o apelo a uma necessidade, despertando ou criando o desejo.

Assim, a publicidade:
- É um meio de tornar conhecido um produto, um serviço, uma marca ou uma empresa
- Tem como principal objectivo despertar junto dos consumidores a apetência pelo produto anunciado, ou criar/elevar prestígio ao anunciante
- Tem de ajustar a mensagem ao consumidor-alvo
- Deve conduzir ao acto de compra

by Andreia_Branco

NOÇÕES BÁSICAS DE HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO Sexta-feira, 15 de Outubro, 2010

lisete1Actualmente em Portugal existe legislação que permite uma protecção eficaz de quem integra actividades industriais, ou outras.
A sua aplicação deve ser vista como o melhor meio de beneficiar simultaneamente as Empresas e os Trabalhadores na salvaguarda dos aspectos relacionados com as condições ambientais e de segurança de cada posto de trabalho.
A higiene e a segurança são duas actividades que estão relacionadas com o objectivo de garantir condições de trabalho capazes de manter um nível de saúde dos colaboradores e trabalhadores de uma Empresa .
A higiene do trabalho propõe-se combater as doenças profissionais, identificando os factores que podem afectar o ambiente do trabalho e o trabalhador, visando eliminar ou reduzir os riscos profissionais .
A segurança do trabalho propõe-se combater os acidentes de trabalho, quer eliminando as condições inseguras do ambiente, quer educando os trabalhadores a utilizarem medidas preventivas.
DEFINIÇÕES
- Acidentes de trabalho, os acidentes, em geral, são o resultado de uma combinação de factores, entre os quais se destacam as humanas e materiais. Os acidentes não escolhem hora nem lugar e grande parte deles ocorre porque os trabalhadores se encontram mal preparados para enfrentar certos riscos.
- O que diz a lei ?. “Acidente do trabalho é o que ocorre pelo exercício do trabalho a serviço da empresa, provocando lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte, a perda ou redução da capacidade para o trabalho, permanente ou temporária…”
- Lesão corporal é qualquer dano produzido no corpo humano, seja ele leve, como, por exemplo, um corte no dedo, ou grave, como a perda de um membro.
- Perturbação funcional é o prejuízo do funcionamento de qualquer órgão ou sentido. Por exemplo, a perda da visão, provocada por uma pancada na cabeça, caracteriza uma perturbação funcional.
- Doenças profissionais são aquelas que são adquiridas na sequência do exercício do trabalho em si.
- Doenças do trabalho são aquelas decorrentes das condições especiais em que o trabalho é realizado. Tanto as doenças profissionais, como do trabalho são consideradas como acidentes do trabalho, quando delas decorrer a incapacidade para o trabalho.
- A incapacidade temporária é a perda da capacidade para o trabalho por um período limitado de tempo, após o qual o trabalhador retorna às suas actividades normais.
- A incapacidade parcial e permanente é a diminuição, por toda vida, da capacidade física total para o trabalho. É o que acontece, por exemplo, quando ocorre a perda de um dedo ou de uma vista.
- Incapacidade total e permanente é a invalidez incurável para o trabalho.

by Lisete_Viegas

Efemérides Sexta-feira, 15 de Outubro, 2010

DIA 1
Dia mundial da água
Dia mundial do idoso
DIA 3
Dia da Infância
DIA 4
Dia Mundial dos Animais
DIA 5
Implantação da República
Dia Mundial do Professor
DIA 9
Dia Mundial dos Correios
DIA 15
Dia da Bengala Branca (cegos)
DIA16
Dia Mundial da Alimentação
DIA 17
Dia Mundial contra a pobreza e a exclusão social
DIA 24
Dia das Nações Unidas
DIA 30
Dia Nacional da Prevenção do cancro da mama
DIA 31
Dia Mundial da Poupança

Comédia Sexta-feira, 15 de Outubro, 2010

 smile-menina-rindo-redimensionar1

– Ontem matei dez coelhos e dez perdizes.
– Eu tive melhor sorte.
Matei vinte coelhos e vinte perdizes.
– Também és caçador?
– Não. Também sou mentiroso.

 

No gabinete do ministro:
- Marca uma reunião com os ministros
para sexta-feira - diz o ministro.
- Sexta-feira é com “s” ou com
 ”x”? - pergunta a secretaria.
O ministro após pensar um pouco
responde:
- Marca para quinta.

O que é o CAD/CAM? Sexta-feira, 15 de Outubro, 2010

A sigla CAD (Computer Aided Design - Desenho Assistido por Computador) foi utilizado pela primeira vez no inicio dos anos 60 pelo pesquisador do Massachussets Institute of technology (M.I.T) Ivan Sutherland.
O termo CAD pode ser definido como o processo de utilização de técnicas gráficas computadorizadas, através de programas (software) de apoio de forma a auxiliar o desenho dos vários componentes de um ao projecto.
Por sua vez, a sigla CAM (Computer Aided Manufacturing - Fabricação Assistida por Computador) refere-se a todo e qualquer processo de fabricação controlado por computador. A sua origem remonta ao desenvolvimento de máquinas controladas numericamente (C.N.C) no final dos anos 40 e inicio dos 50.
Quando estas máquinas começaram a ser controladas por computador, no fim dos anos 50 inicio dos 60, surgiu o termo C.N.C. Actualmente a sigla (CNC) engloba diversos processos automáticos de fabricação, tais como; fresagem, torno, oxicorte, corte a Laser, entre outros.
Assim sendo, o termo CAM é empregado para todas estas variantes e para qualquer outra que possa eventualmente surgir.
A tecnologia CAD/CAM corresponde à integração das técnicas CAD e CAM num sistema único e completo. Isto significa, por exemplo, que pode-se projectar um componente qualquer no computador e transmitir a informação por meio de interfaces de comunicação entre o computador e um sistema de fabricação. Deste modo o componente pode ser produzido automáticamente numa máquina CNC.
Podemos dizer que actualmente este conceito de sistema integrado de projecto e fabricação assistido por computador corresponde ao conceito de CIM (Computer Integrated Manufacturing - Fabricação Integrada por Computador), cuja base teve inicio na década passada com o objectivo de aumentar a produtividade industrial.
Por outro lado, deve-se realçar que a chave do processo produtivo reside na integração global através de uma Base de Dados que seja comum ao projecto e á fabricação.

by Alfredo_Ferro

5 de Outubro: Feriado Nacional Sexta-feira, 15 de Outubro, 2010

rosaria-paulino_lt015 de Outubro: Feriado Nacional
Porquê? Ah!? Poucos sabem, muito poucos mesmo, no entanto é uma Grande data Nacional.
De forma simples e entendível poderei dizer que a Implantação da República Portuguesa foi o resultado de um golpe de estado organizado pelo Partido Republicano Português que, no dia 05 de Outubro de 1910, destituiu a monarquia constitucional e implantou um regime republicano em Portugal.
O gastos da família real, o poder da igreja, a instabilidade política e social, o sistema de alternância de dois partidos no poder (os progressistas e os regenadores), a aparente incapacidade de acompanhar a evolução dos tempos e se adaptar à modernidade — tudo contribuiu para um inexorável processo de erosão da monarquia portuguesa do qual os defensores da república, particularmente o Partido Republicano, souberam tirar o melhor proveito. Por contraponto, o partido republicano apresentava-se como o único que tinha um programa capaz de devolver ao país o prestígio perdido e colocar Portugal na senda do progresso.
Após a relutância do exército em combater os cerca de dois mil soldados e marinheiros revoltosos entre 3 e 4 de outubro de 1910, a República foi proclamada às 9 horas da manhã do dia seguinte da varanda dos Paços do Concelho de Lisboa.
Entre outras mudanças, com a implantação da república, foram substituídos os símbolos nacionais: o hino nacional e a bandeira.

by Rosaria_Paulino

Outubro 2010! Sexta-feira, 15 de Outubro, 2010

jose-fialho-ferro_lt01011Estamos no mês de Outubro.
      Outubro é um mês que gosto!
      Mês de Aniversário do meu Pai, se fosse ainda vivo.
      Mês de Aniversário do meu Filho. Que felizmente já me deu Netos!
      Mês do Outono,por vezes sisudo,por vezes alegre.
       Prometidos aumentos de custos, de impostos, com o consequente aumento no ar dos nossos bolsos.
       Aqui sim, aumenta o volume!
      Aumentos do desemprego, de encerramento de empresas, de falências, de instabilidade social e criminal, entupimento dos tribunais por aumento de processos de todo o tipo, enfim, o que vai acontecer é a criação de um estado de sentimento saudosista que de todo em todo a maioria do Povo não pretende, mas para onde o estão a empurrar com uma força e violência alimentada pelos interesses de grupos e pessoas..
      E é vê-los, os mesmos de sempre, pós 25 de Abril,na rotatividade de lugares e cargos, qual
carrossel, pisando sempre o mesmo chão, leia-se povo.
      O despudor chegou ao extremo de o Governo,  pedir contensão e os gestores, ou melhor,(os orientados) rirem-se e dizerem que continuarão até ao final do ano a fazerem o mesmo despesismo. Quer nas derrapagens, quer nas festas, quer nas compras de carros novos e afins, e ou nas nomeações de compadrio. È um regabofe.
     Como se fosse difícil ser gestor de empresas publicas monopolistas em que os prejuízos por más gestões, em vez de serem punidos, ainda são premiados com mordomias, depois de cobrirem os
tais ditos com aumentos de taxas e custos para o “Zé” pagar!
      Nós, pouco letrados e que temos o arrojo de ter  pequenas e médias empresas, procurando sempre cumprir o que nos é imposto e sem margem de negociação com os detentores do capital, leia-se a banca, ainda por cima penalizados pelas máquinas de “zelosos” recebedores da coisa publica, é que devíamos ser reconhecidos e salvaguardados dos tubarões. Porque não porem os donos e gestores de empresas que sobrevivem sem a subsidio-dependência a gerir a coisa publica, pondo ao serviço da mesma a experiência que a prática do dia-a-dia lhes tem ensinado e que com
vantagem poderiam transmitir, aos tais ditos cujos, senhores doutores macro-economistas, que são uma classe, “de sempre os mesmos.”
      Bem, parece-nos que para o Outubro, que por razões inicialmente ditas é um mês de que gosto particularmente, já chega de “malhar.”
      Até Novembro!

by José_Ferro

 
 
 
 
 
 

ir para a home do blog enviar email ir para página anterior ir para página seguinte
copyright 2003-2009 © FialhoFerro - Publicidade, Expositores, Representações, Lda.   | webmaster@fialhoferro.com   | v.2.2.0
blog.fialhoferro.com criado com WordPress, RSS Artigos e RSS Comentários.