Sexta-Feira, 20 de Abril de 2018
ir para a home do blog enviar email ir para página anterior ir para página seguinte
 
 
adicionar aos favoritos | área reservada
  Este é o blog da FialhoFerro, Lda. Saber mais Quem somos Serviços Contactos
 
 
Setembro

  jose-fialho-ferro_lt0101  

     Este mês chegamos mais tarde.
As férias, (de quem as teve), o trabalho, (felizmente não nos tem faltado), a falta de vontade, (que por vezes é muita), levaram entre outras coisas a só hoje nos dispormos a alinhavar estas linhas.
Dizíamos no passado mês de Agosto que em Setembro voltaríamos a manifestar o nosso pensamento em relação ao sistema em que vivemos.
Na verdade neste mês em que somos chamados a cumprir o nosso direito e dever cívico, em que podemos transmitir,( embora respeitando o secretismo), as nossas ideias e sentir, temos assistido ao velho “circo” das criticas, demagogias, acusações, virtudes de obras feitas, etc etc. e ideias novas, projectos de alteração a um sistema que começa a ficar caduco, mas que continua a servir a quem dele se serve e aproveita, não ouvimos ou lemos nada. Continuamos convictos que vá quem for, ou fique quem está, nada vai ser alterado. No entanto temos as nossas ideias e convicções e sabemos a quem é que pensamos não interessar entregar o leme deste navio.
È necessário rever e alterar o sistema de justiça deste País e meter na prisão quem lá deve estar, não proteger o criminoso e condenar, nem que seja pelos incómodos, as vitimas. Que o SNS continue cada vez mais a ser serviço nacional de saúde, tendencialmente gratuito. A educação e ensino sejam públicos e de qualidade. A Segurança Social seja justa e solidaria sem alimentar as incompetências, (são muitas), de quem dela se serve, qual “chico-espertisse” que engana e prejudica todos.
Que as Novas Oportunidades sejam realmente novas e a todos possa interessar.
Enfim, um enumerado de “coisas” que de tão badaladas e não escutadas, continuam estafadas e quais autistas, (que os que são me perdoem), vão fazendo orelhas moucas e qual” mocidade portuguesa” do outro tempo, felizmente passado e não desejado o retorno, vão cantando e rindo por continuarem a enganar o “ZÉ Pagode”, sentindo-se acima de tudo e todos.
E qual triste realidade, que quem mais faz menos merece, nós teimosamente vamos continuando a ter voz e pensamentos próprios, mesmo sabendo que estamos a ser alvo de baterias de invejosos e incompetentes.
Mas o tempo e o azeite tudo trazem ao de cima e então, sem nenhuma alegria, mas com a satisfação de sabermos que deixamos raízes de princípios e ética no sentir, no estar e no fazer.
Esta é a mensagem na empresa, nos filhos e nos netos!

by José_Ferro

Comentar

Security Code:

 
 
 
 

ir para a home do blog enviar email ir para página anterior ir para página seguinte
copyright 2003-2009 © FialhoFerro - Publicidade, Expositores, Representações, Lda.   | webmaster@fialhoferro.com   | v.2.2.0
blog.fialhoferro.com criado com WordPress, RSS Artigos e RSS Comentários.